Cadastra é a Agência do Ano do Google

08/11/2019 | Notícia


O Google premiou a Cadastra com o título de Agência do Ano 2018! Este reconhecimento é resultado do alto desempenho que alcançamos no Smart Challenge, competição criada com o objetivo de estimular o uso de recursos de automação em campanhas online com o objetivo de impulsionar resultados de negócio de grandes anunciantes.

Baseado 100% em resultados práticos, o Google premiou nesta categoria a agência que mais cresceu em adoção de produtos de automação em Search e Display.

“Estamos muito felizes pelo reconhecimento do Google, por muitos motivos, entre eles por ser o canal mais importante para a maioria das operações digitais de empresas de todo o mundo. Participar do Smart Challenge é fundamental porque competimos com as principais agências e isso comprova que estamos trabalhando no caminho certo para fazer uma excelente entrega para nossos clientes e parceiros”, explica Thiago Bacchin, CEO da Cadastra.

O prêmio foi entregue pelo Marco Bebiano, Diretor de agências do Google, e pela Gleidys Salvanha, Diretora de Indústria do Google, em uma cerimônia que contou com a participação de anunciantes e agências.

A competição Smart Challenge

A competição foi dividida em duas fases e o programa Smart Challenge ocorreu entre junho a dezembro de 2018, contando com a participação de cerca de 80 anunciantes e 30 agências de propaganda de grandes grupos e as maiores agências digitais em três categorias:

1) Smart Bidding: automação em lances inteligentes e atribuição com base em dados. Ocorreu no 3º trimestre de 2018.

2) Smart Display Campaign: ocorreu no 4º trimestre de 2018.

3) Agência do Ano: nesta categoria, foi premiada a agência que mais cresceu em adoção de produtos de automação em Search e Display.

Inovação em mídia com uso de Machine Learning

O concurso estimulava as agências e marcas a usarem dados para serem mais assertivas em suas campanhas, além de ganhar mais eficiência. Os recursos de machine learning do Google Ads ajudaram, por exemplo, a automatizar os lances pelas palavras-chave, o que leva a maior assertividade e ao melhor uso do orçamento da campanha. Além disso, os recursos de automação permitiam que a agência e o anunciante ganhassem tempo para focar na estratégia do negócio.

“Fazer parte do programa foi importante porque estimulou acelerar ainda mais nossa adoção de ferramentas baseadas em machine learning e inteligência artificial para nosso dia-a-dia.”, completa Bacchin.

Toda nossa equipe de Mídia envolvida no programa passou então a fazer uso de Machine Learning e AI em seus processos. Este tipo de inovação reforça nosso compromisso em estarmos sempre atualizados à tendências e com a performance sempre em primeiro lugar.